sexta-feira, 25 de julho de 2008

"Mariposa"


Conheci um dia alguém
Que pensava nada saber
Só que na vida não há ninguém
Que não possa vir a crescer

E de facto ela cresceu
Mesmo sendo devagarinho
E todo este tempo valeu
Não foi perdido,o caminho

Caminho nem sempre a direito
Esse,entre o alvo e a seta
Ninguém na vida é perfeito
Mas um dia chega á meta

Dá-me tanta,tanta alegria
E dá-me imenso prazer
Conhecer uma menina um dia
E hoje ver nela uma Mulher

Fico feliz ao vê-la assim
Caminha bem e com vaidade
Nesta prova,que para mim
Se deve viver em liberdade

Sei bem o que ela queria
Sei bem o que ela adorava
Poder voar nem que um só dia
P´los lábios do vento ser beijada

Ela pensa que não voa
Mas sempre pode sonhar
Mas quando pensa,pensa á toa
Não é preciso asas para voar

Quer ela queira quer não
Pode mesmo ser vaidosa
Porque dentro do seu coração
Há uma alma de Mariposa.

AnaP.

2 comentários:

fatima disse...

comentários ..... para quê ?????
UM SIMPLES "NO COMENT" e um olhar para nós ..... venho o que vier vai sempre bastar..... DORUT

fatima disse...

simplesmente lindo .....
conseguiste tocar no fundinho do meu <3

os meus poemas

  • "Esperança"
  • "Aceitar"
  • "Sensibilidade"
  • "Chegar ao...zero"
  • "Cegos,surdos e mudos"
  • "Pedido"
  • "Uma pessoa"
  • "Querer"
  • "Arco irís"
  • "Obrigado"
  • "Palavras Mudas"
  • "Poeta"
  • "Erros"
  • "O melhor do Mundo"
  • "Tempo"
  • "Alma"
  • "Pensamento de luz"
  • "Velho"
  • "Perfeita harmonia"
  • "Mariposa"
  • "Minha estrela"
  • "Perdão"
  • "Momentos especiais"
  • "É hora"
  • "Certeza"
  • "Viagens"
  • "Tela"
  • . ..PRÊMIO 'MELHORES LIVROS DE POESIAS 2012'.No dia 14 de setembro de 2012, em cerimônia realizada no Palácio de Cristal, na belíssima cidade de Petrópoli...
    Há 5 anos