quinta-feira, 24 de julho de 2008

"É hora"


É hora de agradecer
Tudo o que por mim fizeste
O eu poder entender
Toda a vida que me deste

Vida que eu não entendia
E sentia injustiçada
Mas que por fim em algum dia
Percebi que era ajudada

Obrigado por momentos de dôr
Que pudeste me proporcionar
Por poder sentir o amor
E ter também amor p´ra dar

Obrigado por poder viver
Mistérios que a vida tem
Um dos grandes,podes crer
O de sentir poder ser Mãe

Obrigado pelos filhos
Que me destes nesta jornada
Poder lhes ensinar os trilhos
Nesta enorme caminhada

Obrigado por poderes me oferecer
Este companheiro de cruzada
Que me ajuda a crescer
Sem nunca exigir nada

Obrigado por tanta "gente"
Que na minha vida se tem cruzado
Por acreditar que da semente
Nasce sempre o semeado

Obrigado por sentir que a causa
Causa sempre o efeito
Que o principal na minha vida
É o amor que trago no peito

Obrigado p´la vida que me estás a dar
P´la mente que teima em ser iluminada
Por nas asas dos anjos poder voar
Mesmo quando estou acordada.

AnaP.

Sem comentários:

os meus poemas

  • "Esperança"
  • "Aceitar"
  • "Sensibilidade"
  • "Chegar ao...zero"
  • "Cegos,surdos e mudos"
  • "Pedido"
  • "Uma pessoa"
  • "Querer"
  • "Arco irís"
  • "Obrigado"
  • "Palavras Mudas"
  • "Poeta"
  • "Erros"
  • "O melhor do Mundo"
  • "Tempo"
  • "Alma"
  • "Pensamento de luz"
  • "Velho"
  • "Perfeita harmonia"
  • "Mariposa"
  • "Minha estrela"
  • "Perdão"
  • "Momentos especiais"
  • "É hora"
  • "Certeza"
  • "Viagens"
  • "Tela"
  • . ..PRÊMIO 'MELHORES LIVROS DE POESIAS 2012'.No dia 14 de setembro de 2012, em cerimônia realizada no Palácio de Cristal, na belíssima cidade de Petrópoli...
    Há 5 anos