sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

"Uma pessoa"


Sou uma pessoa como tantas mais
Muito Amor,numa mulher pequena
De arcos-irís em vendavais,
Uma criança de idade serena

Gosto de rir só com o olhar,
No meio de toda a multidão
Mas adoro também chorar,
No grande escuro da solidão

Não sei bem onde quero estar,
Mas sinto sempre onde estou
Não sei onde a vida me vai levar,
Nem mesmo sei quem é que sou

Gosto muito de viver assim,
Sempre com a Liberdade
De ser honesta p`ra mim,
De sentir sempre a verdade

Eu não sei se sou feliz,
Nem sei bem o que quer dizer
Será que o coração me diz,
Que eu até nem o quero ser?

Será que tantos sentimentos ,
Que eu vivo com ansiedade
Não são esses os momentos,
De que são feitos a felicidade?

Este alguém um pouco incerta,
Que esta Alma me deu
É uma pessoa de Alma aberta,
Esta pessoa sou Eu.

AnaP.

3 comentários:

joesio disse...

Uma pessoa da terra do Pessoa passando às pessoas "palavras soltas" que no vento ecoam adentrando-se na alma de quem as lê.

angel disse...

Linda, leve, palavras soltas ao vento mas que mostram uma mulher que sabe o que quer e tem os pés na terra sem deixar de sonhar.
sou um pouco como você. Adorei teu blog.
abraços
angel

Cris Michelon disse...

Oi Ana, adorei o post, adoro te blog.
continue a escrever belas poesias.
bjs

os meus poemas

  • "Esperança"
  • "Aceitar"
  • "Sensibilidade"
  • "Chegar ao...zero"
  • "Cegos,surdos e mudos"
  • "Pedido"
  • "Uma pessoa"
  • "Querer"
  • "Arco irís"
  • "Obrigado"
  • "Palavras Mudas"
  • "Poeta"
  • "Erros"
  • "O melhor do Mundo"
  • "Tempo"
  • "Alma"
  • "Pensamento de luz"
  • "Velho"
  • "Perfeita harmonia"
  • "Mariposa"
  • "Minha estrela"
  • "Perdão"
  • "Momentos especiais"
  • "É hora"
  • "Certeza"
  • "Viagens"
  • "Tela"
  • . ..PRÊMIO 'MELHORES LIVROS DE POESIAS 2012'.No dia 14 de setembro de 2012, em cerimônia realizada no Palácio de Cristal, na belíssima cidade de Petrópoli...
    Há 4 anos