sábado, 23 de agosto de 2008

"Velho"


Ser velho é ser experiente no tudo e no nada
É estar a chegar quase ao fim da estrada
É ter percorrido quase todo o caminho
É ver-se ao espelho e encontrar um velhinho

É ter no coração um cofre guardado
cheio de memórias de um antigo passado
É deixar os mais novos falar sem sentir
E conseguir prever o que vem a seguir

A velhice pode vir a ser tua também
E o tempo não pede licença a ninguém
Por isso cuidado ao tratares um velhinho
Que um dia também será o teu caminho

Ao falares com um velho escuta-o com Amor
Para ti que és novo,ele é professor
Todo o velho do Mundo deve ser respeitado
A sabedoria de um velho é um posto alcançado.

AnaP.

1 comentário:

fatima disse...

sabes está lindo .....

os meus poemas

  • "Esperança"
  • "Aceitar"
  • "Sensibilidade"
  • "Chegar ao...zero"
  • "Cegos,surdos e mudos"
  • "Pedido"
  • "Uma pessoa"
  • "Querer"
  • "Arco irís"
  • "Obrigado"
  • "Palavras Mudas"
  • "Poeta"
  • "Erros"
  • "O melhor do Mundo"
  • "Tempo"
  • "Alma"
  • "Pensamento de luz"
  • "Velho"
  • "Perfeita harmonia"
  • "Mariposa"
  • "Minha estrela"
  • "Perdão"
  • "Momentos especiais"
  • "É hora"
  • "Certeza"
  • "Viagens"
  • "Tela"
  • . ..PRÊMIO 'MELHORES LIVROS DE POESIAS 2012'.No dia 14 de setembro de 2012, em cerimônia realizada no Palácio de Cristal, na belíssima cidade de Petrópoli...
    Há 5 anos